Os circuitos: Losail (Qatar)

2019_LosailGrid

Cenário facilmente reconhecido em todos os momentos o Circuito de Losail localizado a norte de Doha no Qatar foi inaugurado em 2004 depois de um intenso esforço protagonizado por um milhar de trabalhadores – a construção demorou menos de um ano – e que custou 58 milhões de dólares ás autoridades locais. Nesse mesmo ano recebeu o seu primeiro GP com vitória na classe maior a sorrir a Sete Gibernau.

Com 5380 metros em cada uma das suas voltas – onde se inclui uma recta com mais de 1000 metros – o traçado tem um total de 16 curvas e em Março de 2008 acolheu aquele que foi o primeiro GP nocturno na história do campeonato, realidade que ainda hoje se mantém.

Em 17 anos de corridas no negro tapete de asfalto do circuito apenas um piloto conseguiu vencer em três categorias: Jorge Lorenzo, o melhor no ano de estreia aos comandos de uma 125, somando depois mais duas vitórias nas 250 em 2006 e 2007 e mais tarde, entre 2012 e 2014, mais três vitórias na classe rainha para um total de seis sucessos. Atrás dele Casey Stoner tem cinco vitórias (1 em 250 e quatro em MotoGP.

Por nações Espanha tem 23 vitórias e Itália 12 nas 50 corridas realizadas no circuito, sendo que 34 pilotos que almejaram vitórias, oriundos de nove nações distintas. O nosso Miguel tem como melhor resultado sobre a linha de meta dois quartos lugares conseguidos em 2014 (Mahindra Moto 3) e 2017 (KTM Moto2).

 

Losail Internacional Circuit (Qatar)

Ano de construção: 2004

Primeiro vencedor: Sete Gibernau

Recorde em corrida: 1m54.927s (Jorge Lorenzo – 2016)

Recorde absoluto: 1m53.380s (Marc Márquez – 2019)